Autora Clube das Desapaixonadas

[RESENHA] Clube das Desapaixonadas

07:50Arlindo Barata


Clube das Desapaixonadas
Autora: Mariana Mello Sgambiato
Páginas: 204
Editora: Novo Romance

* Livro cedido pela editora para leitura e resenha

Leila, Ruth e Drica saem de uma decepção amorosa para outra. E elas estão cansadas de se apaixonarem pelo mesmo tipo de homens, que elas julgam não merecerem o amor delas. Essas três a partir de então formam o “Clube das Desapaixonadas” para se vingar dos homens, resolvendo que agora seja apenas curtição, nada de se apaixonarem. Ruth logo iniacia os “trabalhos”, saindo com vários garotos e avaliando-os no blog do clube. Drica não fica de fora, depois de ter namoros em que os caras traíam, ela se acha pronta para apenas curtir.
Entre tudo isso tem a Leila, que sempre sonhou em se casar com o homem perfeito, mas ela encontra seus namorados a partir dos sites de relacionamentos. E sua participação no clube se resume a escrever textos contra os homens.

***

A história é narrada pela Leila e tem a si mesmo como foco, não tem nada em um segundo plano, ou uma sub-trama. A leitura é divertida, nos levando a se apaixonar pela protagonista logo no início. A Leila me passou uma imagem de insegurança, até quando tem que tomar suas decisões é influenciada pelas opiniões dos outros.
Como o livro se trata de relacionamentos é compreensível que as vidas das três amigas sejam apenas voltadas para os homens. E então surge Bernardo, Fabrício e Eduardo, os três têm características bem distintas, assim como as meninas. Entre os meninos, esses três são os que tem mais destaque na história – apesar de acreditar que o Eduardo só aparece para “promover” algumas cenas a mais no enredo – e eles são bem cativantes e apaixonáveis.
O fim do livro foi bem feito para aqueles que gostam que um final simples e sem “dor de cabeça”. Quando terminei já fiquei pronto para partir para a próxima leitura. Mas aí no final do livro tem um spin-off (tipo um epílogo) com o Fabrício. E esse sim foi do mal. Tem que ter mais.  A autora foi cruel em terminar a história do modo como ela fez (ksks).

Classificação: 



Por Arlindo Barata

You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei a resenha o livro parece ser bem legal

    Abraços
    http://litaralmentelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Popular Posts

Flickr Images

Formulário de contato