Livros Retrospectiva Literária

Retrospectiva Literária 2014

15:16Arlindo Barata


Vamos relembra de alguns livros que marcaram as minha leituras de 2014.


O suspense mais eletrizante: Cuco. Foi o único desse gênero que li nesse ano. Deu pra passar o tempo, mas não foi tão bom.

O romance que me fez suspirar: A Última Carta de Amor. Acredito que foi o romance mais lindo que li nesse ano.

O casal perfeito: Jennifer Stirling e Anthony O’Hare, de A Última Carta de Amor




O livro que me fez rir e chorar: The 39 Clues é uma saga divertida, com aventuras e momento emocionante. E não podia deixar de fora dessa retrospectiva por ter enfim lido os últimos livros.






O livro que me fez refletir e mudou a minha forma de ver o mundo: Diário de Classe – A Verdade. Esse livro é sensacional. Uma biografia prazerosa de ser ler no qual não podia negar que me fez enxergar a educação por uma perspectiva diferente. E me fez refletir que as pessoas preferem viver no comodismo das coisas erradas do que lutar pelo que é certo e de nosso direito.







O thriller psicológico que me arrepiou e me surpreendeu: Não Conte a Ninguém. Esse livro foi a grande charada do ano. Não sabia nem do que esperar. E acabei sendo surpreendido pela narrativa do Harlan Coben e por essa história incrível.




O livro de fantasia que me encantou: Filhos do Éden – Herdeiros do Atlântida. Não sou de ler muitas fantasias, e acredito que essa foi a única desse ano. É esplêndido, tudo bem escrito, envolvente. Esperando esse novo ano pra tentar comprar a continuação (ksksks)

O livro que me decepcionou: O Lado Bom da Vida. Eu gostei muito do filme, então esperava algo parecido, e o que acabei lendo não me agradou muito.







O livro que me fez chorar: Noites de Tormenta. Foi o que me deixou mais emocionado.






O livro que li em um dia: Zhoe e o Pássaro. É um livro curto com um prazer imenso.








O primeiro livro que li no ano: O Príncipe. Um conto da (agora) saga A Seleção.






O livro mais criativo e melhor nacional: Dissolução. Um livro diferente de tudo que já li. Incapaz de ti deixar dormir sem ficar horas na madrugada “presos” em suas páginas. Além disso ainda é nacional. Tem coisa melhor?
O(a) autor(a) revelação: Cláudia Lemes, você pode escrever qualquer coisa que eu lerei (ksksks). Já sou seu fã. E nesse novo ano vou ler Eu Vejo Kate.



O último livro que terminei: Amor Nas Entrelinhas. Uma antologia de contos românticos no qual eu tenho um publicado ^^
O livro que abandonei: De Volta a Cabana. Amei “A Cabana”, mas este aqui não era o que pensava. Quem sabe em 2015 eu leio.






A aventura que me tirou o fôlego; O infanto-juvenil que se superou; e A capa mais bonita: O Jovem Sherlock Holmes – Nuvem da Morte. Eu amo esse detive e gosto muito desse gênero, logo o livro não poderia estar de fora da minha estante.





O clássico que me marcou: A Moreninha. Não curto Clássicos, mas esse até que chegou a me cativar, mas não acredito que role uma releitura.
A saga que me conquistou e o melhor de 2014: Legend – A Verdade se Tornará Lenda. Se não existisse a Katniss Everdeen está seria minha distopia favorita (ksks). Como ainda faltam dois livros para ler não garanto muito, mas com certeza me deixou ansioso para a continuação.
O(a) personagem do ano: Day, de Legend. Ele é o cara.


Li em 2014 36 livros.
Li em 2014
9.545 páginas.
Comprei em 2014  
8  livros.
A minha meta literária para 2015 é: Não sou de estabelecer uma meta com muitos livros. Então separei15 livros que quero muito ler nesse ano.


por Arlindo Barata

You Might Also Like

2 comentários

  1. Só vi esse post hoje! Que legal que gostou de Dissolução. Em breve começo o book tour do volume 2, Veneta, e te chamo, ok?

    ResponderExcluir
  2. Só vi esse post hoje! Que legal que gostou de Dissolução. Em breve começo o book tour do volume 2, Veneta, e te chamo, ok?

    ResponderExcluir

Popular Posts

Flickr Images

Formulário de contato