Editora Lua de Papel Emily Brontë

Resenha: O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë

06:58Leticia Negrao

http://skoob.s3.amazonaws.com/livros/110/O_MORRO_DOS_VENTOS_UIVANTES_1353644395P.jpg

Resenha: O Morro dos Ventos Uivantes – Emily Brontë


Título Original: Wuthering Heights
Autora: Emily Brontë
Páginas: 200
Editora: Lua de papel

Pra começar, gostaria de dizer que, a princípio, tive preconceito de ler ente livro, por ser o livro favorito da Bella Swan (hahaha), mas agora que já li, descobri que Stephanie Meyer tentou fazer do Edward uma versão branca e delicada do Heathcliff (hahaha).
O sr. Lookwood aluga uma granja no interior da Inglaterra no século XIX para fugir, temporariamente, da agitação da cidade grande, mas é ao chegar no pequeno lugarejo, que ele se depara com o passado dos moradores da granja e do Morro dos Ventos Uivantes. Dentre essas histórias, conta-se a dos Earnshaw, uma típica família de interior do século XVIII. O patriarca adota um menino pobre, sem família e de origem desconhecida, a quem batizam de Heathcliff.
Hindley, o primogênito, odeia e tortura o pobre garoto; Catherine, a caçula, se compadece do menino e se torna sua grande amiga e defensora. Com o tempo, as crueldades de Hindley aumentam e a amizade que Heathcliff tem com Catherine se transforma no amor mais sincero e devastador que já passou por seus pequenos corações, e pelas páginas dos livros mais românticos.
A morte do pai, a crueldade de Hindley, as origens desconhecidas de Heathcliff e a aproximação da família Linton, fazem com que Catherine e o irmão adotivo, seu grande amor, se separem. A vida os separa da mesma forma que os une anos depois: de forma brusca e intensa.
Um romance único, intenso, bruto, melancólico, recheado de resentimentos e vingança, cheio de reviravoltas, “O Morro dos Ventos Uivantes” é muito além do que a maioria dos romances é hoje em dia (um monte de palavras bonitas e declarações de amor clichê). De forma arrebatadora, Brontë, mostra que o amor de Heathcliff e Catherine transcende o tempo, o físico, a vida, e a própria morte. "Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff", só por essa frase, já dá pra ter uma ideia da intensidade da obra. Um dos livros mais incríveis que já li. Estou completamente apaixonada pela história.


  Beijos!







You Might Also Like

3 comentários

  1. Muito boa sua resenha. Se já não tivesse lido, acabaria lendo após a sua resenha. Porém apesar de admitir que é um romance único, acredito que pelo fato de preferir os clichês e as palavras bonitas, que achei O Morro dos Ventos Uivantes tanto que uma leitura maçante e até em certos pontos chata...ksks
    E uma coisa que não conseguir compreender foi a relação da história de Heathcliff e Catherine com a de Edward e Bella...ksks

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Gostei do relato simples e direto das suas impressões dessa leitura. Está de parabéns Letícia.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é um clássico e eu tenho muita vontade de lê-lo. Ainda não tive a oportunidade de comprá-lo, mas pretendo fazer isso logo. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Popular Posts

Flickr Images

Formulário de contato